Ir para o conteúdo

Prefeitura Municipal de Castilho - SP e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura Municipal de Castilho - SP
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
MAI
31
31 MAI 2022
EDUCAÇÃO
MEIO AMBIENTE E LIMPEZA PÚBLICA
PARCERIAS
PROJETOS
340 visualizações
Na Semana do Meio Ambiente, Maria Dauria inicia programa de reaproveitamento de água dos condicionadores de ar
enviar para um amigo
receba notícias

Projeto piloto recebeu apoio da Mercury Renew e a expectativa é que 9.500 litros de água sejam economizados mensalmente pela escola. Secretaria de Educação planeja ampliar alcance até cobrir toda a rede municipal

A secretária municipal de Educação, Silvânia Cintra, visitou novamente a escola rural “Maria Dauria” na manhã desta segunda-feira (30) para acompanhar a diretora Luciene Santos na recepção de doações de encanamentos feita pela empresa Mercury Renew. O material recebido, será utilizado pela escola na implantação de um projeto ambiental voltado à sustentabilidade.

Criado pelo professor de Educação Física Ângelo Mário Caspani, o projeto reaproveita toda a água normalmente descartada pelos aparelhos de ar condicionado instalados na escola. A água coletada fica armazenada em tubos devidamente selados para evitar riscos como a dengue, e são dotados de torneiras que permitem aos funcionários da escola aproveitá-la para lavar os corredores de toda a escola.

No total, a escola Maria Dauria possui 28 aparelhos de ar condicionado instalado nas salas de aula. De acordo com os cálculos feitos por Ângelo juntamente com os alunos da escola durante a montagem ‘teste do projeto’, cada um destes aparelhos produz em média 08 litros de água em cada período de aula.

Ao todo, a expectativa é que este projeto resulte numa economia diária de 448 litros de água que servirá exclusivamente para a limpeza da própria escola. Além de ecologicamente correto, este projeto vai ao encontro das ações mundiais de preservação ambiental, promovendo a reutilização deste precioso líquido que até agora vinha sendo desperdiçado”, completa o autor do projeto que está mobilizando vários estudantes.

MERCURY RENEW – A Gestora Social da VB Ambiental, Nathalia Silva, conheceu o mais recente projeto da escola há cerca de 20 dias, gostou da iniciativa e levou cópia do mesmo para apresentar ao consórcio responsável pela construção em Castilho, da maior usina fotovoltaica do Estado de São Paulo. O mesmo entusiasmo dela foi compartilhado pelo Engenheiro de Segurança, Meio Ambiente e Saúde (SMS), Everton Mariano, do consórcio SP300, que já implantou um sistema parecido na unidade Mercury de Castilho.

Toda e qualquer iniciativa de reaproveitamento de recursos como este da água dispensada pelos condicionadores de ar, produz forte e positivo impacto em favor do meio ambiente. Por isso, a Mercury Renew não poderia deixar de apoiar a ideia. Esperamos que este seja apenas o início de um programa municipal de grande escala, que possa ser aplicado em toda a rede escolar e também nas repartições públicas de Castilho”, afirmou Everton durante o bate papo com a secretária Silvânia, a diretora Luciene e o professor Ângelo.

PROJEÇÃO – A secretária municipal de Educação, Silvânia Cintra, concorda plenamente com as expectativas apresentadas por Everton e Nathalia durante o encontro desta segunda-feira. Segundo ela, a rede de ensino de Castilho conta atualmente com 09 escolas e 02 creches municipais que recebem diariamente mais de 2.500 alunos. Como a região é extremamente quente na maior parte do ano, quase todas as salas de aula destas unidades escolares precisa ser climatizada para que os alunos tenham maior conforto e possam render mais nas atividades diárias.

Felizmente, Castilho tem como líder o prefeito Paulo Boaventura, que ouve atentamente as demandas de seus secretários e apoia toda iniciativa que possa contribuir ainda mais com o desenvolvimento do município. Este projeto possui vários benefícios, permitindo que os professores trabalhem dentro das salas de aula a importância da preservação de nossos recursos naturais, promove a criatividade, gera conscientização e mobilização social. Por isso, vamos incentivar que todas as escolas da nossa rede municipal adotem a ideia e queremos contar com outras parcerias bem sucedidas com a iniciativa privada, como estas que temos desenvolvido com a Mercury desde o ano passado”, afirmou a secretária.

Um levantamento superficial realizado pela assessoria técnica da Secretaria de Educação indica a existência de aproximadamente 130 aparelhos de ar condicionado instalados em toda a rede municipal. Levando em consideração os cálculos feitos por Ângelo e seus alunos na escola Maria Dauria, se o mesmo sistema for implantado em cada unidade de ensino de Castilho, a economia diária de água poderia chegar a 2.080 litros em apenas dois períodos. Multiplicando este volume pela média de 21 dias letivos de aulas mensais, a economia total - somente nas escolas municipais castilhenses, poderia ultrapassar 43 mil litros de água.

Fonte: Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Desporto
Autor: Assessoria de Gabinete
Local: EMEIEF "Maria Dauria"
Seta
Versão do Sistema: 3.2.8 - 16/11/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia