Ir para o conteúdo

Prefeitura Municipal de Castilho - SP e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura Municipal de Castilho - SP
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
MAR
27
27 MAR 2021
SAÚDE
4045 visualizações
Casos positivos de coronavírus sobem 145% entre fevereiro e março
enviar para um amigo
receba notícias

Antes mesmo de ser finalizado, o avanço das contaminações neste terceiro mês do ano já é o maior registrado em Castilho desde abril de 2020, totalizando 573 contaminados em apenas 26 dias 

A Secretaria de Saúde da Prefeitura de Castilho divulgou na manhã deste sábado, 27, o 95º Boletim Epidemiológico que acompanha o avanço da Covid-19 no município. Para os olhares desatentos, os números podem transmitir a ideia de que o volume de casos diminuiu no intervalo entre a última terça-feira (23) e agora, mas isso é apenas uma ilusão. 

Os casos positivos registrados neste curto período, por exemplo, saltaram de 1.107 para 1.139, revelando um avanço médio de 8 novos casos por dia. Outros números que preocupam as autoridades de Saúde do município estão ligados ao volume de internações: na terça-feira, eram 11 internados, sendo 02 deles na UTI de Andradina, 01 na UTI de Mirandópolis e 01 outro na UTI de Franca. Atualmente, o número de internados nas UTIs da região diminuiu, mas não porque temos menos castilhenses em estado grave, e sim porque 02 dos 07 pacientes da Ala Covid-19 do Hospital José Fortuna estão aguardando a liberação de leitos em outras cidades para serem transferidos. Além disso, neste curto período de apenas 04 dias, mais um óbito foi registrado no município. 

Esta semana, enquanto realizava a entrega dos 03 novos respiradores adquiridos pela Prefeitura e cedidos ao Hospital José Fortuna, o prefeito Paulo Boaventura, ao lado de seu vice, Marcos Visual; da secretária de Saúde, Márcia Zoteli; do chefe clínico daquela instituição, dr. Diogo Severino e da chefe de Enfermagem Lilyan Merquides, todos reforçaram as recomendações para que os cidadãos continuem seguindo as medidas preventivas de usar máscaras sempre que precisarem sair de casa, lavar constantemente as mãos e manter a devida distância das demais pessoas em quaisquer locais onde estiverem. Dr. Diogo destacou ainda que o quadro geral na região é calamitoso, com 14 óbitos registrados em Mirandópolis num período de apenas 03 dias. Pronunciamento divulgado nesta sexta-feira, 26, pelo secretário de Saúde de Andradina, confirma os dados estatísticos apontados pelo dr. Diogo, revelando que a média de óbitos na ‘Terra do Rei do Gado’ atingiu o patamar de 02 falecimentos/dia. 

Precisamos que vocês continuem em casa se não for extremamente necessário ir à rua. Não é hora de fazer visitas, reuniões com amigos e familiares e muito menos festas. A comemoração de hoje pode ser o sepultamento de alguém que você ama amanhã e, se tratando de COVID-19, você nem terá o direito de se despedir adequadamente do ente querido, já que nem velório é realizado nestes casos. Use a sua consciência e preserve sua própria saúde e a de sua família enquanto puder, pois a dor de perder alguém amado por alguns minutos de lazer é aterrorizante. Quando tivermos uma cura e esta doença não for mais uma ameaça, aí sim, teremos muito tempo para comemorar. Mas para que isso aconteça, você precisa estar vivo!”, apelou a secretária de Saúde castilhense, Márcia Zoteli. 

Assessoria de Comunicação 

Seta
Versão do Sistema: 3.2.6 - 05/09/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia