Ir para o conteúdo

Prefeitura Municipal de Castilho - SP e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura Municipal de Castilho - SP
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
JUN
07
07 JUN 2018
ADMINISTRAÇÃO
53 visualizações
Empenho da prefeita Fátima e apoio de deputado José Américo fomentam turismo em Castilho
enviar para um amigo
receba notícias

CASTILHO – O Diário Oficial publicou sexta-feira, 25 de maio, projeto de lei 361, de 2018, a ser votado pela Assembleia Legislativa, decretando Castilho como Estância Turística. Uma conquista histórica que promete mudar a história do Município graças às ações da prefeita Fátima Nascimento que encontraram respaldo do deputado José Américo, do PT.

Segundo o parlamentar, amigo pessoal da prefeita e com estreitos laços de amizade com lideranças locais, o histórico que envolve Castilho e a farta documentação encaminhada à AL reúnem ampla possibilidade de o Município obter o status de imediato. Depende apenas de análises de documentos.

A batalha da prefeita em assegurar a classificação iniciou com o encaminhamento da documentação que inseriu Castilho no Mapa Turístico do Brasil durante 3 anos: 2017/2018/2019 e já recebeu a aval imediato com a letra “d”.

“PARAÍSO DO PESCADOR”

Castilho está localizada há 667 quilômetros da Capital e segundo pesquisa realizada pelo IBGE – estimativa do ano de 2.017 – possui atualmente 20.362 habitantes.

O “Paraíso do Pescador e da Pesca Sustentável” como é conhecido o Município de Castilho, conta atualmente com mais de 500 ranchos de pesca localizados principalmente às margens do Rio Paraná.

O município também é banhado pelos rios Aguapei e Tietê evidenciando a necessidade da presente proposição, bem como a importância socioeconômica e cultural da classificação pretendida.

Segundo o Ministério do Turismo e a Secretaria Estadual do Turismo, o município de Castilho está inserido na Macrorregião Turística Terra do Sol e na Região Turística Tietê Vivo. Também integram esse rool Alto Alegre, Andradina, Araçatuba, Birigui, Buritama, Gastão Vidigal, Ilha Solteira, Itapura, Lourdes, Pereira Barreto, Santo Antônio do Aracanguá, Sud Mennucci e Suzanópolis.

O turismo em Castilho reúne características especiais para alcançar a condição de Estância Turística. Seus recursos naturais e paisagísticos já o transformaram em uma referência turística regional para onde se deslocam populações de diversas regiões do oeste paulista para atividades de lazer.

GEOGRAFIA PRIVILEGIADA

Além de desfrutar de uma posição geográfica singular, o local de rara beleza é banhado pelos rios Tietê, Paraná e Aguapeí, também conhecido pelo apelido de “Rio Feio” devido a coloração de suas águas barrentas.

É neste terceiro rio que está localizada uma Unidade de Conservação (RPPN) propícia à visitação para estudo, contemplação e conhecimento da fauna e flora da região. O Parque Estadual do Aguapeí também engloba áreas territoriais de Castilho e sua adequação para visitação ainda está em planejamento.

Neste parque há grande variedade de espécies botânicas, além de exemplares de uma fauna riquíssima, com aves e animais, como onças e cervos do pantanal.

IMENSO LAGO

O município é envolvido por imenso lago, formado pela Usina Hidroelétrica Engenheiro Souza Dias, conhecida como Usina de Jupiá, que se estende por 330 km² a montante no Rio Paraná.

As terras inundadas pelos lagos das Usinas de Jupiá e, posteriormente, pelo da Usina de Rosana, acarretaram grande perdas de terras exuberantes, porém trouxe um ecossistema único, já que a transformaram no mini pantanal paulista. Este lago forma uma das mais belas paisagens lacustres de nosso Estado.

Imensas áreas de lazer, de pesca e de passeios turísticos se estendem por centenas de quilômetros às suas margens pelos municípios vizinhos.

O município de Castilho, localizado às margens do maior rio do sudeste do país, possui características excepcionais para o desenvolvimento do turismo de maneira sustentável. Este conjunto do grande rio e do lago permite, ainda, o transporte fluvial por meio da eclusa da Usina de Jupiá, integrando-se à Hidrovia Tietê-Paraná com amplo potencial de trânsito turístico.

Há que se destacar que a Usina de Jupiá, por si só, representa uma atração turística especial. Trata-se de uma imensa obra da engenharia nacional, sendo a primeira grande hidrelétrica concluída em 1974, com barragem de 5.500 metros, potência instalada de 1.551 MW, por si só um espetáculo especial que atrai cerca de dez mil turistas anualmente.

A existência de uma rede de estradas de boa qualidade permite o deslocamento confortável das populações tanto do sul do Mato Grosso do Sul para Castilho, quanto o Oeste do Estado de São Paulo para a região.

ESTRUTURA E ASSENTAMENTOS

Castilho é também o município que, na região, atende o maior número de pequenos agricultores oriundos do Programa Nacional de Reforma Agrária, totalizando 1.185 famílias em 13 assentamentos rurais, configurando a segunda maior concentração de reforma agrária do Estado de São Paulo.

Possui ainda 100% de cobertura da malha urbana de água potável encanada, 100% de coleta e tratamento de efluentes urbanos, além da coleta regular dos resíduos sólidos gerados pela população local e flutuante.

Conta também serviço médico emergencial de ambulâncias com mais de 15 unidades, com um hospital particular capaz de atender, também, os turistas com o serviço médico emergencial. Os investimentos da iniciativa privada começam a se deslocar para a região.

As margens da represa e do Rio Paraná são ocupadas, atualmente, por chácaras, sítios de lazer, balneário, com interessante infraestrutura, onde se multiplicam pousadas e marinas de pescaria fluvial que confirmam a imensa vocação turística do município.

TRANSFORMAÇÃO E LONGO ALCANCE

Transformar Castilho em Estância balneária permitirá reconhecer a vocação especial do município para o turismo de lazer. A efetivação desta medida gerará, com o apoio do Estado, um novo ciclo de prosperidade e desenvolvimento regional, respaldado nas potencialidades que o município naturalmente oferece, e permitirá a expansão do desenvolvimento regional, gerando emprego e renda que a região tanto necessita, colocando definitivamente o Município no Calendário Turístico Nacional.

 

SONY DSC

 

Seta
Versão do Sistema: 3.2.10 - 11/01/2023
Copyright Instar - 2006-2023. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia