Ir para o conteúdo

Prefeitura Municipal de Castilho - SP e os cookies: nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
ACEITAR
PERSONALIZAR
Política de Cookies e Privacidade
Personalize as suas preferências de cookies.

Clique aqui e consulte nossas políticas.
Cookies necessários
Cookies de estatísticas
SALVAR
Prefeitura Municipal de Castilho - SP
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Rede Social Youtube
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
JUN
06
06 JUN 2023
ADMINISTRAÇÃO
CIS - CENTRO INTEGRADO DE SAÚDE
PARCERIAS
PLANEJAMENTO ECONÔMICO
PROJETOS
SAÚDE
VIGILÂNCIA EPIDEMIOLÓGICA
VIGILÂNCIA SANITÁRIA
917 visualizações
Saúde Municipal amplia oferta de serviços e adota HORÁRIO ESTENDIDO NA ATENÇÃO PRIMÁRIA
enviar para um amigo
receba notícias

Agenda de reestruturação iniciada pelo Governo de Castilho inclui descentralização e maior oferta de serviços nas UBSs urbanas e rurais, ampliando quadro profissional e levando o atendimento farmacêutico até a zona rural

 

Os usuários da Rede Municipal de Saúde que recorrem principalmente ao atendimento nas UBSs e CIS têm notado uma crescente diferença no acesso aos principais serviços prestados pela Secretaria de Saúde de Castilho.

O motivo é simples: a reorganização da Atenção Primária que agora conta com outras seis equipes de Saúde compostas por médico, enfermeira e técnicos de enfermagem, além de Agentes Comunitários de Saúde.

A Atenção Primária à Saúde [APS] é geralmente o primeiro ponto de contato entre paciente e equipe de Saúde, oferecendo atendimento abrangente, acessível e baseado na comunidade, que pode atender de 80% a 90% das necessidades de acolhimento de uma pessoa ao longo de sua vida. Na sua essência, a APS cuida das pessoas e não apenas trata doenças ou condições específicas”, explica o secretário Demilson Cordeiro. “A ideia deste setor é oferecer este atendimento o mais próximo possível do ambiente cotidiano dos indivíduos, famílias e comunidades. Isso inclui um espectro de serviços que vão desde a promoção da saúde [por exemplo, orientações para uma melhor alimentação] e prevenção [como vacinação e planejamento familiar], até o tratamento de doença agudas e infecciosas, o controle de doenças crônicas, cuidados paliativos e reabilitação”, completa.

AMPLIAÇÃO e REORGANIZAÇÃO

Para tornar estes princípios mais eficientes, Demilson explica que a Secretaria Municipal de Saúde priorizou que cada área passe a ter menos famílias vinculadas, assim, garantindo melhor capacidade de atendimento pelas unidades. “Vinculando os usuários e ampliando a resolutividade, o Município agora passa a ter 12 equipes, sendo três rurais e nove urbanas”.

Além de ampliar a força-tarefa de acolhimento aos pacientes, o secretário acrescenta que em todas as unidades urbanas também foram estendidos os horários de funcionamento, que agora contam com atendimento médico durante 12 HORAS POR DIA:

Agora, nossas UBSs Laranjeiras, Alípio, Alvorada e o próprio CIS, estão abertas de segunda a sexta-feira, das 07h00 às 19h00. Isso quer dizer que neste novo horário de funcionamento, as pessoas podem buscar a unidade mais próxima de sua casa para todas as demandas, sejam elas agudas ou casos como dores, febre, vômitos, diarreia, dentre outras. Ainda estamos implementando uma relação de medicamentos igual a que temos disponível no Pronto Socorro, para que as pessoas sejam medicadas na própria unidade”, acrescentou Demilson.

Detalhando as iniciativas pioneiras já autorizadas pelo prefeito Paulo Boaventura, a Secretaria de Saúde está levando a assistência farmacêutica para dentro das Unidades Rurais. O objetivo é melhorar a resolutividade dessas UBSs, evitando que as pessoas atendidas lá precisem se deslocar até a cidade para ter acesso ao tratamento.

E o processo de reestruturação ainda não terminou. Visando atender os objetivos da Política Nacional de Saúde Bucal, o Governo de Castilho também já está implantado outras 12 equipes de saúde bucal, garantindo atendimento odontológico em todas as unidades descentralizadas e também nas escolas que compõem a Rede Municipal de Educação.

Para os pacientes da zona rural, o CIS também conta com médicos para atendimento à demanda espontânea, que podem realizar o mesmo procedimento, evitando assim que as pessoas recorram exclusivamente ao hospital local.

Fonte: SMS - Secretaria Municipal de Saúde e Vigilância Epidemiológica
Autor: Assessoria de Gabinete
Local: Rede Municipal de Saúde
Seta
Versão do Sistema: 3.4.0 - 05/02/2024
Copyright Instar - 2006-2024. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia