Ir para o conteúdo

Prefeitura Municipal de Castilho - SP e os cookies: nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
ACEITAR
PERSONALIZAR
Política de Cookies e Privacidade
Personalize as suas preferências de cookies.

Clique aqui e consulte nossas políticas.
Cookies necessários
Cookies de estatísticas
SALVAR
Prefeitura Municipal de Castilho - SP
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Rede Social Youtube
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
MAI
17
17 MAI 2021
PROMOÇÃO SOCIAL E CIDADANIA
36486 visualizações
CREAS lança campanha contra abuso infantil em Castilho
enviar para um amigo
receba notícias

18 de maio é o Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. Números para denúncias estão disponíveis no munícipio.

“Eu não podia fazer nada, ele era mais forte. Tinha o controle da situação”; “Eu estava brincando, de repente ele me levou no banheiro do parquinho, e eu fiquei lá, com medo. Ele disse que ia machucar minha mãe, se eu falasse alguma coisa”; “Eu ficava sentada, ele me tovaca. Machucava, até sangrava. Aí um dia parou de sangrar, e eu engravidei”; “Um dia eu fui tomar banho, e ele me disse que ia tomar banho junto comigo. Ele entrou no chuveiro, e começou a mexer em mim. Disse que era nosso segredinho gostoso. Nunca consegui me relacionar com ninguém, e já tenho 30 anos”

As frases destacadas acima poderiam fazer parte do roteiro de qualquer filme, novela ou série de televisão, mas fazem parte da vida real. Essa data, 18 de maio, Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, não foi escolhida aleatoriamente. Foi escolhida, pois em 1973, uma menina de oito anos. Araceli Cabrera Sanches, foi sequestrada, drogada, espancada, estuprada e morta, no Espírito Santo, por membros de uma família tradicional da cidade. Os criminosos ficaram impunes.

“Pensando nesta realidade que afeta milhões de pessoas em todo o Brasil, o CREAS (Centro de Referência Especializado de Assistência Social) e a Secretaria Municipal de Assistência Social e Cidadania (SASC), realizam esta campanha, para alertar aos pais e responsáveis por crianças e adolescentes, sobre uma realidade lamentável, mas que infelizmente também afeta Castilho. O que nós queremos com isso, é chamar a sua atenção para sinais de possíveis abusos e violência com seus filhos e netos”, destaca a Secretária Raquel Gregolin.

Funcionários do CREAS, no combate contra a exploração e o abuso infantil. (Foto: PMC)

A coordenadora do CREAS, Tassiane Souza, destaca a importância da presença da família, e da percepção de comportamentos estranhos por parte da criança.

“É de extrema importância que a família, os responsáveis legais pela criança, fique atento a mudanças no comportamento, seja em relação a agressividade ou animosidade negativa, insônia, ou quando a criança procura muito o isolamento; são detalhes que podem muitas vezes salvar uma vida e um futuro”, comenta ela, destacando os números dos telefones para os quais os pais e responsáveis podem ligar, em caso de suspeitas. “Além do 190, da Polícia Militar, também podem acionar o DISK 100, exclusivo para denúncias e o CREAS pelo telefone 3741-3174 ou o Conselho Tutelar no 3741-1224.

Veja o vídeo da campanha, clicando aqui.

Assessoria de Comunicação

Seta
Versão do Sistema: 3.4.0 - 05/02/2024
Copyright Instar - 2006-2024. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia