Ir para o conteúdo

Prefeitura Municipal de Castilho - SP e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura Municipal de Castilho - SP
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
MAR
07
07 MAR 2022
AGENDA CULTURAL
CULTURA
EDUCAÇÃO
317 visualizações
Música Clássica invade as sextas-feiras da escola “Maria Dauria”
enviar para um amigo
receba notícias

A equipe de coordenadores e professores da Escola “Maria Dauria”, localizada no bairro Jupiá, não para de inovar e surpreender seus alunos e a comunidade no entorno. Capitaneados pela diretora Luciene dos Santos, os mais recentes projetos artístico culturais da escola estão focados na celebração do Centenário da Semana de Arte Moderna brasileira.

Na última sexta-feira, dia 4 de março, a escola se transformou em palco para a “I Sexta-Feira Cultural Escolar” – projeto este que tem o objetivo de fomentar o interesse da clientela escolar na arte musical. Como dito, a ideia segue o gancho do Centenário da Semana de Arte Moderna, que aproveitou o dia Nacional da Música Clássica (comemorado em 5 de março) para promover o lançamento do novo projeto.

Como parte das atrações, a equipe de educadores convidou suas jovens alunas Milena e Mirela, do 9º ano, para se apresentarem diante dos colegas com os instrumentos musicais que começaram a tocar poucos dias atrás, quando ingressaram no elenco da BAMAC - Banda Marcial de Castilho.

Milena e Mirela tocam trompete e trombone e logo após a apresentação, mencionaram a emoção de ter contato com a música e falaram da importância do dia Nacional da Música Clássica, dia também do aniversário do importante maestro e compositor brasileiro Heitor Villa Lobos.

Mas não foram apenas as alunas que gostaram da novidade. O maestro Adriano Rogério Sanches, que comanda a BAMAC, também ficou encantado com a iniciativa da escola e bastante satisfeito com o entusiasmo de Milena e Mirela com tão pouco tempo de aulas musicais. Adriano também aproveitou a novidade para iniciar um diálogo mais aprofundado com a diretora Luciene, visando estreitar ainda mais estes laços entre a escola e a BAMAC.

Ainda estamos iniciando estes diálogos, mas já temos grandes ideias em estudo. Em breve teremos mais novidades a anunciar para enriquecer esta iniciativa louvável das Sextas-Feiras Culturais”, adiantou Adriano.

A apresentação pública das alunas foi apenas parte de todo o trabalho que vem sendo realizado em conjunto na escola Maria Dauria. Nas salas de aula, os professores tem trabalhado a importância e significado da Semana de Arte Moderna para o ‘despertar’ artístico nacional. Na semana passada, apresentamos aos leitores os resultados de outra etapa do projeto, que inclui a pintura dos bancos existentes nas áreas de lazer da escola.

Outra ação que marcou esta I Sexta-Feira Cultural ocorreu durante o intervalo, quando nossos alunos escutaram músicas clássicas como Bachianas Número 2, O Trenzinho Caipira, de Heitor Villa Lobos e letra de Ferreira Gullar”, finalizou a diretora Luciene.

Importante lembrar que a sexta-feira passada foi apenas o início desta nova proposta de inclusão cultural dentro da escola Maria Dauria. A atração desta semana e das próximas, já estão sendo planejadas pela equipe de coordenação, professores e diretora da escola.

Fonte: Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Desporto
Autor: Secretaria de Educação
Local: EMEIEF "Maria Dauria"
Galerias de Fotos Vinculadas
Seta
Versão do Sistema: 3.2.5 - 03/08/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia