Quem foi ALFREDO DE CASTILHO?

Por Vivaldo Pitta*
Foto: Museu Regional
Ferroviário de Bauru

O engenheiro Alfredo de Castilho administrou a ferrovia Noroeste por quatro vezes. A primeira de 31/05/1925 a 11/12/1928; a segunda de 30/07/1929 a 05/03/1930; a terceira vez de 05/10/1934 a 12/08/1935 e a última de 30/10/1935 a 23/03/1937.


Em sua primeira administração é que se inaugurou a ponte ferroviária, denominada “Francisco Sá” sobre o Rio Paraná em 12 de outubro de 1926. Em sua administração é que quase toda “Variante Araçatuba-Jupiá “ foi construída. O ramal de Presidente Alves a Pirajuí foi construído e inaugurado durante sua primeira administração.


Alfredo de Castilho também se preocupava com o esporte e foi ele que em 1935 construiu e inaugurou o campo do Esporte Clube Noroeste de Bauru, no centro da cidade, em terreno da Santa Casa. Em 23/11/1958, as arquibancadas, construídas com madeira, foram consumidas pelo fogo, ocupando-se posteriormente o novo estádio que leva o seu nome, inaugurado em 1961, na Vila Pacífico, em Bauru: Estádio “Alfredo de Castilho”.


No início de 1937, Alfredo de Castilho encontrava-se doente e providenciava a construção de uma estação, após a de Paranápolis, cujo nome escolhido por ele seria de CAUÊ, quando veio a ser substituído pelo Major-Aviador Américo Marinho Lutz. Este, diante das ótimas administrações de seu antecessor, resolveu denominar a estação de ALFREDO DE CASTILHO em homenagem àquele que estava deixando a diretoria da ferrovia NOB.


A estação de Alfredo de Castilho foi construída para facilitar os cruzamentos ferroviários e serviu de meio para a fundação de um povoado e posteriormente tornar-se o município que hoje se desponta em nosso Estado.
A estação de Alfredo de Castilho foi inaugurada no dia 31/08/1937 pelo diretor Américo Marinho Lutz.
O engenheiro Alfredo de Castilho veio a falecer no ano de 1947.

 

* Vivaldo Pitta, já falecido, era residente em Bauru-SP. Foi fundador do Museu Municipal de Avaí-SP, ferroviário, pesquisador e historiador.