Barreira Sanitária de Castilho será desativada após 7 meses

CASTILHO – O Comitê de Combate e Enfrentamento a COVID-19 informa que encerra nesta sexta-feira,13 a Barreira Sanitária no Portal de entrada de Castilho. A estrutura foi montada em abril deste ano quando os casos de coronavírus começaram crescer na cidade. Castilho foi uma das primeiras cidades do Estado de São Paulo a adotar tais medidas sanitárias.
Todos veículos que adentravam a cidade eram parados para que os ocupantes pudessem ter a temperatura corporal aferida. Em diversas vezes foi necessário fazer o encaminhamento de pessoas para a Ala Covid após constatação de temperatura elevada. O período de atuação no local na maior parte foi das 7h da manhã às 19h. Porém, quando Castilho atingiu um alto índice de casos e mortes, a Barreira funcionou por 18h seguidas diariamente, das 6h a meia noite.
Após sete meses e com os casos de COVID-19 gradativamente em queda, os servidores que haviam sido convocados para atuarem no local, retornarão aos seus respectivos setores. Castilhenses, visitantes e turistas por diversas vezes reconheceram o árduo trabalho dos barreiristas por estarem na linha de frente. Era comum por parte dessas pessoas a entrega de mimos na Barreira aos trabalhadores daquele local, além de presentes, deixavam lanches, bombons, sorvetes, refrigerantes e até cartas de agradecimento.
O grupo também agradeceu à Prefeita pela oportunidade de atuarem diretamente no combate a COVID-19. “Dona Fátima, nós aqui, da barreira, em geral, queremos agradecer a senhora, de coração por tudo que tem feito por nós. Falamos não somente como funcionários, mas como cidadão que somos também. Essa temporada aqui na barreira nos ajudou muito. Que o Senhor Deus continue abençoando a senhora e sua família, dando sabedoria, paciência e discernimento para lidar com as situações da vida”, destacou os servidores.