Apresentações culturais e palestra marcam encerramento do PNAIC 2018

CASTILHO – Nada melhor do que apresentar na prática o que foi passado em teoria. Com leituras, teatros e danças apresentados pelos próprios alunos da rede municipal de Ensino, a  Secretaria de Educação castilhense encerrou nesta quinta-feira,05, a formação do PNAIC 2018.

A formação é destinada aos professores que atuam na Educação Infantil, professores alfabetizadores e a um coordenador pedagógico por Unidade Escolar. Atuaram como formadoras as professoras Eneida Pereira, Mel Rosalez, Ivone de Souza e Sandra Iarossi.

O PNAIC – Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa é um compromisso formal e solidário assumido pelos governos Federal, Estadual e Municipal para atender à Meta 5 do Plano Nacional da Educação (PNE). Tal plano estabelece a obrigatoriedade de “Alfabetizar todas as crianças, no máximo, até o final do 3º (terceiro) ano do ensino fundamental”, citou a coordenadora do PNAI local, Josiane Costa de Almeida.

 

A solenidade contou ainda com a presença da dirigente regional de Ensino, Selênia Silvia Witter de Mello. Além de parabenizar os professores pela dedicação na qualidade do ensino, Selênia falou da importância que esse projeto tem na vida de cada aluno. Tania Regina de Morais Nascimento – secretária municipal de Educação, também prestigiou a culminância do PNAIC e agradeceu sua equipe de trabalho pelo empenho.

 

 APRESENTAÇÕES – Cada unidade escolar trouxe uma apresentação cultural como forma de demonstrar algumas das atividades desenvolvidas pelos professores. Da escola Maria Aparecida Buzachero Bandeira, os professores Silvio Coutinho, Cristiane e Fernanda apresentaram a leitura dinâmica do “Sapo bocarrão”.

Em seguida, a aluna do professor Carlos Pardim, Isabeli Maria Suda da Costa, da EMEI Paulo Sérgio fez a leitura do poema “A casa e seu dono”, de Elias José. Já os alunos da escola Mauro Roberto, da turma da professora Vanessa Feitosa apresentaram uma releitura do “Gato Xadrex”.

 

Representando a escola Djanira Bozzo Jorge, os alunos juntamente com a professora Sandra Moreira Delgado Eserian apresentaram “Quem vai ficar com o pêssego”. Teve ainda o teatro do Chapéuzinho Leitora”, baseado na história do próprio chapeuzinho vermelho mas dando destaque na importância da leitura. Essa apresentação foi dos alunos da escola Maria Dáuria Silva Oliveira, sob comando da professora Marinês Duarte.  Encerrando as apresentações artísticas os alunos da escola Youssef Neif Kassab, dirigidos pela professora Edilene Abdala, apresentaram a dança “A magia da leitura”.

Como convidada especial do evento, a professora Regiane Moreira Sobral ministrou a palestra aos professores com o tema “Fluência leitora”.  A palestrante é coordenadora da Educação Infantil de Andradina, formadora do PNAIC na mesma cidade, professora universitária e mestra pela UFMS.