Home / Destaque / Prefeita Fátima acompanha alunos na soltura de 400 mil peixes no Paraná
Prefeita Fátima acompanha alunos na soltura de 400 mil peixes no Paraná

Prefeita Fátima acompanha alunos na soltura de 400 mil peixes no Paraná

CASTILHO – A convite da CTG Brasil, concessionária das usinas Ilha Solteira e Jupiá. A prefeita Fátima Nascimento acompanhou na tarde de ontem os alunos da escola Maria Dáuria na soltura de pelo menos 400 mil peixes alevinos. Também acompanharam a prefeita os vereadores Daniel Batista de Oliveira, Flávio Nascimento e o secretário de Agricultura, Carlinhos Algodoeira. O presidente da CTG Brasil, Li Yinsheng, esteve presente e falou com as crianças sobre a importância de se preservar o meio ambiente. A prefeita Fátima aproveitou para convidar Li Yinsheng para os festejos de aniversário da cidade, que inicia amanhã, quarta-feira,09, com show de Mato Grosso e Mathias.

Pela terceira semana consecutiva, técnicos da área de Meio Ambiente da CTG Brasil realizam a soltura de peixes jovens das espécies curimbatá, piapara e pacu- guaçu na Bacia do Paraná. As ações, que seguem até o dia 11, fazem parte do programa de manejo pesqueiro da companhia nos reservatórios das hidrelétricas Ilha Solteira e Jupiá, contemplados com 400 mil novos peixes.

As solturas ocorreram em pontos diferentes dos reservatórios, aprovados pelo Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais). A partir deles, os peixes se deslocam pelos reservatórios e afluentes, contribuindo para a manutenção da biodiversidade e ampliação do estoque pesqueiro na região.

De acordo com o gerente de Meio Ambiente da CTG Brasil, Rogério Marchetto, até o final do ano a empresa pretende soltar 2,1 milhões de novos peixes nos reservatórios de Ilha Solteira e Jupiá. “Manteremos essa cota anualmente, buscando a utilização também de outras espécies nativas, como a piracanjuba e o dourado, que apesar de serem mais desafiadoras de se produzir em cativeiro, são importantes para o ecossistema da Bacia do Paraná e têm valor econômico e cultural para as comunidades ribeirinhas”, expõe o gerente.

Os peixes para abastecer o programa são produzidos na Estação de Aquicultura localizada em Salto Grande (SP), às margens do rio Paranapanema. “Mantemos uma parceria com a Rio Paranapanema Energia – detentora da estação e de oito hidrelétricas no Paranapanema – que é uma subsidiária do Grupo CTG no Brasil”, diz Marchetto.

Educação ambiental – Nesta segunda-feira (7), a soltura de peixes em Jupiá foi acompanhada por 90 crianças da EMEIEF Professora Maria Dáuria Silva Oliveira, de Castilho, e integrantes do Programa Patrulha Florestinha, de Três Lagoas (MS). Também foram convidados representantes das prefeituras das duas cidades e das Polícias Ambientais de São Paulo e Mato Grosso do Sul.

Para receber e contextualizar esses participantes sobre seu programa de manejo pesqueiro e as vantagens do repovoamento, a CTG Brasil disponibilizou uma equipe multidisciplinar formada por engenheiros agrônomos, biólogos, veterinária e técnicos de Meio Ambiente. “As solturas são abertas à comunidade, já que é responsabilidade de todos se engajar na preservação do meio ambiente. Por isso, a participação da sociedade é estimulada e valorizada pela CTG”, diz Marchetto.

A ação teve a cobertura da CCTV (Televisão Central da China) – a TV estatal chinesa – que está fazendo um documentário sobre a produção de energia limpa pela CTG no Brasil. “A CTG construiu e opera quatro das 10 maiores hidrelétricas do mundo e entrou no mercado brasileiro visando combinar a experiência do Brasil e da China na geração de soluções de energia limpa para o futuro. É grande o interesse dos chineses não somente pelas operações da companhia no Brasil, mas pelo próprio país”, comenta Salete da Hora, da área de Comunicação da CTG Brasil.

Publicidade de Exemplo

Veja Também

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicadoCampos obrigatórios estão marcados *

*

Publicidade de Exemplo